Cuidados com o Carro

Manutenção preventiva: quando devo fazer?

15 Jul 20
2 min
01

Você sabe por que deve se importar em fazer a manutenção preventiva de seu carro? Ela pode ser mais importante do que você imagina. Confira!

Ter o carro próprio significa muito mais que garantir um meio de transporte. Para muitas pessoas, ele é uma importante conquista. Se você batalhou para comprar um, então precisa cuidar bem dele. E a manutenção preventiva é a maneira certa para isso.

Se você ainda tem dúvida sobre a importância dela, confira alguns motivos para não abrir mão desse cuidado.

O que é a manutenção preventiva

A manutenção preventiva tem como objetivo corrigir falhas antes que elas ocorram em seu veículo. Ela não só evita prejuízos mecânicos, mas como também poupa você de ter grandes gastos com manutenção.

Confira abaixo que você ganha ao fazer a manutenção preventiva.

  • Segurança: peças com desgaste exagerado podem causar grandes danos à sua segurança e a todos que estão a sua volta. Por isso, ao saber com antecedência o que pode dar problema, é possível trocar em tempo antes que o pior aconteça;
  • Economiza de dinheiro: quanto mais tempo você deixar o problema, maior pode ser o estrago que ele causa. É como, por exemplo, aquela dorzinha de dente. O que podia ser tratado apenas com uma obturação acaba em tratamento de canal por falta de cuidado;
  • Tranquilidade: já pensou o carro quebrar justamente naquela viagem de fim de ano com a família? Não é bom nem imaginar, né? Quem faz a manutenção devida evita esta e outras situações estressantes no trânsito por causa de alguma falha indevida.

Em relação ao tempo para fazer a manutenção preventiva, o indicado é seguir sempre a recomendação do fabricante descrita no manual de instruções do seu carro.

Para veículos seminovos, que tem até três anos de uso, as falhas podem ser melhores corrigidas quando rotineiramente inspecionadas. Já aqueles mais antigos o cuidado deve ser redobrado, pois as falhas repentinas podem aparecer sem motivo aparente.

Outra questão também que pesa muito é a maneira como o motorista faz uso do próprio veículo. Por isso vale sempre prestar atenção quanto a maneira que você está conduzindo seu carro.

Cuidados além da manutenção preventiva

É tão comum ligar o carro e sair que não nos damos conta de prestar atenção ao que ele está dizendo. Porém, é fundamental estar atento a barulhos que surgem de repente ou até quando o volante puxa para determinado lado.

Outro ponto importante é checar semanalmente o nível de óleo e água. Em ambos os casos, a verificação deve ser feita quando o motor estiver frio.

No caso da água, é importante usar o aditivo na medida indicada. Já no óleo, a cada duas trocas do mesmo é indicado trocar também o filtro para evitar vazamentos e acumulação de resíduos.

Filtro de ar, carburador, velas e catalisador também devem fazer parte da listinha de itens a ser observados com certa frequência. Na dúvida ou diante de algum barulho estranho, leve o veículo a uma oficina mecânica de confiança o quanto antes.

Como você viu, ao fazer a manutenção preventiva e seguir a risca as orientações do fabricante, é possível cuidar bem do carro quanto também do bolso. Até a próxima!

Por MIT Consórcio
Somos o Consórcio para você conquistar o seu Mitsubishi com o melhor negócio.

FIQUE POR DENTRO DE NOSSAS NOVIDADES